10 de dez de 2011

Cântico Novo

"Cantai ao Senhor um cantico novo" 

Encontramos a passagem acima nas Sagradas Escrituras nos livros de Salmos e em Isaías (Is 42,10), entoados por grandes personalidades da história do povo de Deus, inclusive Nossa Senhora, no seu hino do Magnificat (Lc 1, 46-55), onde depois de séculos de espera pelo Messias, Ela foi a primeira agraciada com as boas novas transmitida pelo próprio Deus através do Anjo Gabriel,e mais, Ela seria a Mãe do Messias.

Expressão de gratidão a Deus, onde a própria alma sente-se inspirada após tempos de prisão, de angústias, de espera e tribulações. Sinal de um tempo novo, onde o próprio Deus fará uma transformação na alma, dando novas vestes, um novo coração, novos pensamentos, novos comportamentos, uma nova vida.

Sinal de libertação da alma, onde ora era atormentada por espíritos imundos, alma chagada e cativa, é conduzida à liberdade, livrando-a do peso que lhe impedia de viver uma vida de paz, sentindo-se mais leve para viver, para louvar ao seu libertador. Onde antes parecia um zumbi, um “morto-vivo”, agora a alma encontra-se VIVA.


"Aos abandonados Deus preparou uma casa,
conduz os cativos à liberdade e ao bem-estar;. (Sl 67,7)

Sinal dado por Deus à alma, onde mesmo a alma presa as correntes. O Senhor já antecede e avisa:

"Dar-vos-ei um coração novo e em vós porei um espírito novo;
tirar-vos-ei do peito o coração de pedra
e dar-vos-ei um coração de carne". (Ez 36,26)

Para àqueles que já estão na caminhada, Deus convida pra algo mais novo, mais uma subida no degrau,

E o próprio Espirito Santo dado, a alma expressa essa alegria sendo inspirado a canta um cântico de libertação, um cântico de gratidão, um cântico novo, expressado em cada um pelo dom que lhe é dado, não propriamente pela canção, pela música, mas pelo seu dom, de cantar, administrar, fotogravar, escrever, advogar, coordenar, construir, etc., enfim pelo dom da vida, a alma expressa esse cântico novo, onde antes fazia por engrandecimento próprio, para engrandecer o mal, para crescer mais o mal no mundo e nas pessoas, agora a alma sente-se inspirada a fazer para Deus, com Deus e em Deus.

E não para aí, o progresso espiritual ainda é mais profundo, e por isso o Senhor nos convida a sairmos das águas rasas, imagine aí você em águas rasas pescando piabinhas, peixes pequenos, mas o Senhor nos convida a irmos para essas águas profundas, lá existem peixes maiores, peixes grandes não ficam em águas rasas.


Para você convido-lhe a fazer uma viagem pela sua vida, visite o tempo em que não conhecia bem a Deus, e compare com hoje, perceba quantas mudanças aconteceram mesmo ao meio das dores, quantas libertações aconteceram e que acontecerão na sua vida, perceba o quanto valeu apena perder aquilo que você tãnto era apegado, doeu ao perdê-lo mas para ganhar algo maior, perceba que o pecado por mais prazeroso que seja, não vale a pena diante das bênçãos de DEUS. Mesmo para àqueles que não conseguiram, você não está impedido de cantar esse canto novo.

Coisas novas acontecerão na sua vida, na sua família, na Comunidade, será uma quebra de paradigmas, conversões, mudanças de situações e locais, novas pessoas aparecerão, outras passarão, um novo pensamento antecedido por confusões virão, confusões essas por não entender o que tempos achava-se ser isso ou aquilo, O Senhor irá nos surpreender, tudo isso é MISERICÓRDIA, é PURO AMOR. O que ele tem para nós é MAIOR do que imaginamos, e sem percebermos, acabamos descobrindo de qualquer forma que somos medíocres, pois não conseguimos imagina a tanta a graça de Deus em nossas vidas. Para muitos a dor irá visitar, mas é por ela que a GRAÇA virá, pois perdas serão necessárias, mas no final veremos que realmente tudo valeu a pena.

Deus nos abençoe

"porque eis que vou fazer obra nova, a qual já surge: não a vedes? Vou abrir uma via pelo deserto, e fazer correr arroios pela estepe". (Is 43,19)

Nenhum comentário:

Postar um comentário