24 de dez de 2012

Meu pedido de Natal ao Menino JESUS



"E o verbo se fez carne...”.

Menino Jesus, me ajuda a tornar minhas palavras em ações, atitudes.

Neste natal, é o presente que Te peço, a graça de ser um verdadeiro adorador, não só de palavras, mas de agir ao invés de ficar só nas palavras. Acabo sendo aquele filho que diz “Sim”, mas que no final não faz (Mt 21, 28-30)

De tirar meus medos, meus apegos, minhas arrogâncias, minhas paixões, de ser livre em Deus, de gritar, de pular, de sorrir mais, mesmo que me faltem dentes, mesmo que não tenha um belo sorriso.
Meu Deus como sou medroso... Como sou fraco...

Sou como um passarinho dentro de uma gaiola aberta, mas que tem medo de voar, pois
estou preso a mim mesmo, estou com medo de voar, fico preso à segurança da minha gaiola,
Mesmo com muuuita vontade de voar de descobrir um novo mundo que o Senhor quer me dá.
E o mais horrível é saber que a gaiola está aberta e que depende um pouco de mim.

Meu Jesus me tira dessa situação, me ajuda. Ajuda-me a Te descobrir mais e mais.
Faz-me um homem novo, preciso ser feliz fazendo a tua vontade, e não estou conseguindo.
Preciso sair da mesquinhez das coisas desse mundo e correr para buscar a Graça que Deus tem preparado para nós.

As palavras são necessárias, mas ficar só nelas é como um sino que só faz barulho,
Adorar-Te JESUS não só por sentimento, por troca, por empolgação. Isso para mim já passou,
Preciso Te Adorar em Espírito e Verdade, na dor e na alegria, e não só de lábios.


"Este povo somente me honra com os lábios;
seu coração, porém, está longe de mim". (Mt 15,8)

Precisar parar de te chamar "Senhor, Senhor" e não fazer a tua vontade,

"Por que me chamais: Senhor, Senhor...
e não fazeis o que digo?" (Lc 6,46)


Menino Jesus, é esse o presente que te peço, é te ver nascer novamente dentro de mim

Confio em Ti Senhor, na tua misericórdia, na tua paciencia e na tua providencia, pois sei que fará nova todas as coisas.

FELIZ NATAL!



"E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos sua glória, 
a glória que o Filho único recebe do seu Pai, cheio de graça e de verdade". (Jo 1,14)

Nenhum comentário:

Postar um comentário