29 de mar de 2013

Cordeiro de Deus


Certa vez estava num andar de cima numa casa. Vi então um cachorro uivando, parecia estar com algum tipo de dor, me veio então uma imagem, que foi um homem chutando o cão, onde mesmo ferido, o cão rosnia como uma cão bravo.

 O cachorro não podia se mexer por que estava ferido, mas mostrava os dentes, querendo reagir contra aquele que o chutava.

Depois vi um como uma ovelha, um cordeiro. Um homem o chutava, e o animal não reagia, não fazia nada, as vezes soltava um gemido de dor, mas não reagia.


Essa imagem me fez perceber a mansidão do Senhor, o Amor Dele por nós. Ele era Deus, filho de Deus Poderoso, mas se deixou ser abatido.


"Aos que me feriam, apresentei as espáduas, e as faces àqueles que me arrancavam a barba; não desviei o rosto dos ultrajes e dos escarros". (Is 50,6)

Nenhum comentário:

Postar um comentário