8 de mar de 2013

Medo do "NOVO"

Confesso...

As vezes o "NOVO" me dá um friozinho na barriga, mas ao mesmo tempo uma alegria, na expectativa  de algo MAIOR que acontecerá, MAIOR nas coisas pequenas, na simplicidade de Deus.

Se ficar com medo, ficarei preso a ele, e perderei as GRAÇAS que Deus sonha para mim, preso no medo vivo minha vidinha mediocre, meu mundinho, sabendo que tem um "mundão" aí nos esperando.

Sei que posso ter perdas, mas o que ganharei, compensará muito mais! Valerá a pena!
Sei que pode ter alguns tipo de dores, mas o CONSOLO e A FORÇA será de uma tamanha, que me dará condições de glorificar verdadeiramente Àquele a quem eu sirvo, não só de palavras , mas em espírito e verdade. Terei PAZ, uma PAZ indescritível, alcançarei um certo nível de Amor, tão me desejado e assim poder ajudar meus irmãos que lha faltam AMOR.

Conseguirei conseguir o SILENCIO, silencio de profundidade, de amor, de contemplação, sabendo saborear cada momento da minha vida, cada instante. Sabendo contemplar cada criatura onde meu olhar repousasr.


Tudo isso é Misericórdia, é AMOR.

Meu Deus.... como percebo pessoas comendo no "chão", enquanto que Deus tem um banquete para nós.


"Vou perseguir tudo aquilo que Deus já escolheu pra mim
Vou persistir, e mesmo nas marcas daquela dor
do que ficou, vou me lembrar
E realizar o sonho mais lindo que Deus sonhou
Em meu lugar estar na espera de um novo que vai chegar
Vou persistir, continuar a esperar e crer
E mesmo quando a visão se turva e o coração só chora
Mas na alma, há certeza da vitória"
(Tudo Posso - Celina Borges)


"porque eis que vou fazer obra nova, a qual já surge: não a vedes?
Vou abrir uma via pelo deserto, e fazer correr arroios pela estepe". (Is 43,19)

Nenhum comentário:

Postar um comentário