28 de fev de 2014

Compartilhando um questionamento.

Fiquei me questionando uma situação, na qual queria compartilhar para refletirmos. É um questionamento direcionado para os cristãos católicos:

Imaginemos está num situação onde devemos fazer uma escolha:

Num domingo naquela cidade, haverá um evento cristão. Virá de fora um ... ministro de cura ou um cantor católico super conhecido nacionalmente para um evento que acontecerá neste dia. Naquela mesma cidade mais um pouco mais distante, haverá a única Santa Missa, numa capelinha bem simples, com um padre velhinho que mal pode falar direito.

Uma situação não para avaliar se estamos certos ou errados, melhores ou piores, vai pro céu ou inferno... não,não é essa intensão, pois Deus sabe a nossa verdade. Entretanto, precisamos refletir mais sobre o que realmente queremos com Cristo, e como está a nossa percepção e amor pela Santa Missa.

27 de fev de 2014

Castelo Interior - 7 moradas (Santa Tereza D´avila)

1a. morada

Alma esta muda e surda, ainda prisioneira do mundo exterior. É entao que se começa a avançar no caminho do conhecimento interior. Que a alma começa seu percusso.

2a. morada

A alma luta contra os atrativos do mundo exterior. Sente que tudo no mundo é efêmero.

3a. morada

A alma se purifica através da meditação e está pronta a acolher o sofrimento e renuncia as tentações do mundo exterior, mas ainda não é bastante forte.

4. morada

A imaginação domina, o conhecimento, a inteligencia e a memória pesam sobre a alma, mas para progredir deve renunciar a tudo isso.

5a. morada

O mundo profano não tem mais influencia sobre a alma que está livre de todas as amarras. (a lagarta se faz borboleta)

6a. morada

Sala do sofrimento. Mas a alma abandonou todas as tencacoes do mundo exterior. É a noite escura da alma que precede a plena e definitiva transformação

7a. morada

A alma é tornada espiritualmente por esposa. São imensos e elevadíssimos o mistério e a graça que Deus ali comunica à alma num instante. O Senhor parece querer manifestar-lhe naquele momento a glória do céu, fazendo-o de um modo mais inefável que em qualquer outra visão ou gosto espiritual.
O Senhor introduz a alma nessa Sua morada, que é o centro da alma.A alma não sente nenhum temor da morte, não mais do que teria de um suave arroubo(êxtase, arrebatamento). Passa-se com tanta quietude e silêncio tudo o que o Senhor ensina e comunica à alma.




Retirado do trecho do filme de Edith Stein (Santa Teresa Benedita da Cruz), ela meditando as 7 moradas do livro de Santa Teresa D´avila. Recomendo a leitura do livro por completo.




Oração feita pelo Papa João Paulo II a Wanda Póltawnska

Deus meu, agora mais
que nunca antes, estou diante de ti.
Estou continuamente diante de ti
Até agora estive mais dentro de mim
e vi a mim mesmo. Agora permite
de certo modo perder a mim mesmo, como se
deixasse de existir, como se deixasse de ser
aquilo que fui até agora. Não sou mais capaz
de ser aquele e não sou sequer capaz
ainda de ser diferente, assim como tu queres
que eu seja.

Tens o direito de querer isso
pois sou a tua criatura.
No entanto sofro, embora compreenda esse direito
e o reconheça.
É tão difícil para mim deixar de ser eu mesmo.
Oh se pudesse pelo menos conhecer aquele que deveria ser.
Sei que tu não destróis nada,
somente crias. Tu nos cria através da natureza,
e de modo novo nos cria mediante a graça,
creio nisto, assim como creio em ti com a minha fé
agora muito sofredor por causa da experiencia
da minha fraqueza e incapacidade.
Ajuda-me a encontrar em mim mesmo e ajuda-me
a encontrar-Te dentro e mim.

E até quando devo perder-me na escuridão
do meu próprio ser, seguram-me
pela mão como a tua criança,
concede-me compreender
a Ti e ao Teu agir também
através das pessoas que pusestes no meu caminho.
Eu te peço, para que eu não perca jamais
a esperança em Ti e não ceda ao desespero.
Eu te peço, para que eu saiba submeter-me
a tua guia
eu te peço, para que eu possa pagar
plenamente a dívida da minha vida
nas tarefas que me confias,
nas pessoas que necessitam da minha ajuda.

Desejo realizar em tudo e por tudo
a vocação a minha vida. Desejo
sempre mais a altura dela, para que
tudo aquilo que sempre fiz,
com a convicção de que fosse meu dever,
eu possa fazê-lo ainda melhor,
com uma dedicação mais plena e, ao mesmo tempo,
com grande simplicidade e profunda paz.

Eu te suplico que me dês a paz da alma e dos sentimentos
e as forças necessárias ao corpo.
Faze-me ser um apoio para Tati Pinheiro
e permite-me educar bem meus filhos.
Perdoa-me as culpas, purifica todo o meu ser
e guia-me no caminho no qual
Tu sempre estarás

Amém

Oração feita por Karol Wojtyla no dia 13 de fevereiro(dia e mes do meu casamento com Tatiana) de 1963 para Wanda Póltawnska e seu esposo Andrzej.

24 de fev de 2014

Retiro Espiritual

Esse retiro foi um divisor de águas, um marco espiritual entre o Juracy velho e o Juracy Novo.
Muitos podem não entender fazer uma lua-de-mel num retiro, inclusive com o outro lugar já pago. Mas a beleza está aí, faz com que a decisão para Deus seja mais difícil, é mais desafiador. E esse diferente é o que faz ser especial, ser de Deus. Tudo concorreu para confirmar que realmente deveríamos estar nesse retiro, Deus não queria iniciar nossa união de qualquer jeito.

Fomos muito bem acolhidos pela Comunidade do Pe. Edilson e para a nossa surpresa, na Santa Missa de domingo colocaram nossos nomes nas intenções, e depois cantaram parabéns para nós junto com os outros aniversariantes, foi um grande presente de Deus para nós.

Em suma o tema principal foi a MISERICÓRDIA, e sentimos essa misericórdia, esse olhar de Deus para nós, um MAR DE MISERICÓRDIA nos banhando, não foi pouco. É como se o próprio JESUS e Sua Mãe Santíssima estivesse nos dizendo:

-- Estou com vocês, eu abençoo essa união. Vem de MIM.

Semanalmente não faltamos uma Santa Missa (exceto quando Tatiana está dodói, assistimos pela TV), fazemos a comunhão espiritual, com fé e humildade, jamais duvidando da graça que recebemos neste momento. Sabemos que não é igual a Jesus na Eucaristia, mas cremos fielmente que no tempo oportuno as coisas se resolverão e poderemos receber Jesus na Eucaristia, e assim participar de outros sacramentos na IGREJA.

Sim, a igreja, a IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA, na qual eu e Tatiana sentimos uma grande satisfação de pertencer a Ela, de ser filhos Dela. E temos a certeza que depois teremos também a sua benção, completando assim a benção de Deus que já existe.  Mesmo na situação de casal de 2a. união, jamais, repito, jamais, nos sentimos excluídos por Ela, talvez algumas pessoas, na intenção de querer ajudar, tenha feito algum tipo de julgamento, dado conselhos humanos ou um comentário infeliz, mas comparado a quantidade de pessoas que nos querem bem, (inclusive essas) e que rezam por nós, é muito maior. Faz com que esses incidentes seja uma gota d´agua num imenso mar do Amor de Deus, Amor das pessoas que nos querem bem e que rezam por nós, sejam elas de dentro ou fora da igreja, sejam católicos, evangélicos, espíritas, ateus ou agnósticos. Eu e Tatiana, percebemos o carinho de todos vocês e nos faz respeitar cada um nunca perdendo também a admiração pela boa alma que são essas pessoas, onde buscamos retribuir através de nossas orações.

Peço a Deus SABEDORIA, discernimento para essa nova fase de nossas vidas. Sem Deus, a coisa não anda, sem Deus num relacionamento a coisa tende a se afundar, por isso que recorreremos incessantemente buscando a sua MISERICÓRDIA e a benção de Deus em nossas vidas.

Quero avisar que eu e Tatiana não mudamos, continuamos os mesmos, com os mesmos defeitos e não vamos mudar, se mudarmos, poderemos perder nossa essência, o nosso jeito que nos faz ser nós, o nosso "brilho", e deixaremos de ser o que somos. Seria uma mudança forçada, talvez pra agradar os outros, mas atropelando as etapas e talvez cheia de exageros. Por isso, não queremos mudar, mas com certeza buscaremos, com a ajuda de Deus, ser pessoas melhores, como marido esposa, pai e mãe, filho e filha, amigo e amiga, ser melhores um para com o outro, ser melhor para o nosso próximo e  PRINCIPALMENTE ser melhor para Deus. Essa mudança deverá ser realizada respeitando as limitações do outro, sabendo que somos limitados e nisso, sem percebermos acabamos mudando, mas foi realizada através de um processo saudável, e não perdemos nossa essência particular.

Estamos conscientes que precisamos melhorar em muitas coisas. Sim, queremos ser melhores principalmente para Deus, não para agradar pessoas, instituições ou até a igreja, mas buscando ser melhor para Deus, saberemos assim que abarcaremos as outras mudanças necessárias nos outros setores de nossas vidas, cada um, na sua medida.

Tatiana é um grande presente de Deus, é o próprio AMOR de Deus expressada no cuidado Dele, comigo e com meus filhos. Uma mulher mariana, nascida no dia de Nossa Senhora de Lourdes, ousada, comunicativa, carinhosa, inteligente e linda! Presente de Deus mesmo. :) Tem suas imperfeições, mas no texto acima já falei deles.

Virão novos desafios, sonhos antigos que não puderam ser realizados na época por medo, por falta de experiência, por falta de maturidade espiritual. Sim, eles se realizarão, com certeza e não falhará. Não  por mim, ou pelos ideais, mas para que seja engrandecido e louvado o nome de Deus. Aprendi que sem a mão de Deus as coisas não acontecerão, que o projeto é DELE! Virão também novos sonhos, novas metas, onde peço a Deus a graça de não ser medíocre, de não ter medo a esse novo que virá!

Mais uma profecia em minha vida se concretizando, faltam algumas outras se cumprirem. Possivelmente ocorrerá algumas perdas, mas perdas necessárias, perdas essas que me ensinará que tudo pertence a Ele, que Ele dá Ele tira, que devemos amá-Lo acima de tudo e todos, e que o grão de trigo, caído na terra, precisa morrer, para assim produzir muitos frutos (Jo 12,24).

É isso pessoal, muito obrigado, desculpe algo e rezem por nós.

A intenção desse texto não é para expor nossas vidas, falar de igreja tal, ou algum tipo de desabafo. Mas principalmente propagar as obras de Deus em nossas vidas. Propagar a sua misericórdia. Não tenha medo de se aproximar de JESUS, vá do jeito que você é, na situação que você está. Não viramos santos do dia para o outro, e ninguém pode lhe obrigar a isso. Não se sinta obrigado a ser BEATO, a fazer o que os outros fazem dentro da igreja, mas sinta-se AMADO por Deus, e que Ele quer te ajudar em muitos pontos de sua vida que você acha que não consegue vencer, inclusive o pecado. O melhor na sua vida ainda virá! ACREDITE!

É isso pessoal, Deus nos abençoe.

"Todas as obras do Senhor são excelentes;" (Eclo 39,21)






20 de fev de 2014

ANSIEDADE x PAZ

Ansiedade

Estamos inquietos muito inquietos, com uma ansiedade medonha, estamos paralisados por picuinhas, bobagens, besteiras, conversinhas vazias e vãs nossos e com os dos outros, que nos impedem de crescermos espiritualmente, profissionalmente e como pessoas.  Tantos tesouros disponíveis, mas estamos aceitando os lixos que estão nos oferecendo, pois eles são mais prazerosos e não são chatos. Mas em compensação estamos ficando vazios, medíocres, inquietos, ansiosos, excessivamente preocupados e cada vez mais estamos ficando perdidos e enrolados em nós mesmos.

Estamos mais dependentes da criatura ao invés do Criador.  Estamos mendigando amor e atenção dos outros.

Estamos muito inquietos com os problemas, esses que não confiamos em desabafar em oração, acumulando mais e mais dentro de nós. Ao invés disso, queremos desabafar para a criatura, para os "facesbooks" da vida, como se ele fosse um ponto de desabafo que aliviasse a dor, a inquietação interior, mas essas buscas vai aumentando mais perguntas e angustias dentro de nós. Estamos buscando respostas para essas ansiedades nas pessoas erradas, lugares errados e de formas erradas, aumentando mais a ANSIEDADE que SUFOCA!

Estamos ainda presos ao passado, preocupados com o futuro e perdendo a beleza do momento, do presente.



Agora a PAZ...
"Não vos inquieteis com nada!
Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações,
mediante a oração, as súplicas e a ação de graças". (Fl 4,6)

Mas na busca de Deus de forma lenta e progressiva, Ele vais nos revelando as suas coisas. Cada um de forma diferente. Passamos a enxergar mais além, e percebemos que muitas coisas que falávamos, escutávamos e víamos são "lixos espirituais" para a nossa alma.

"Como crianças recém-nascidas desejai com ardor o leite espiritual que vos fará crescer para a salvação," (1Pd 2,2)

No início ficamos chateados em ver tantas almas "comendo lixo do chão" havendo um "banquete preparado do céu". Essa é uma expressão espiritual que o céu nos revela para entender a situação de nossas almas. A sensação de MEDIOCRIDADE nos incomoda. Incomoda por nós mesmos, e pelos os que estão ao nosso redor.
Mais com o tempo, o céu vai nos acalmando, e nos mostrando que nós por nós não somos capazes de nada. Que a verdade revelada deve ter como nossa resposta, a nossa mudança interior, radicalidade em nós mesmos e não com os outros. Nossa oração, nossa mudança e nossa misericórdia. Que ainda continuamos tão cheio de defeitos como antes, sendo que agora podemos enxergá-los melhor.
"Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito". (Rm 12,2)

Mas por misericórdia, aos poucos a paz vai nos invadindo, o silêncio também. Começamos a aprender que o nosso silêncio contemplativo tem mais força do que palavras, que nosso sorriso, compaixão o abraçar  pode tocar a alma mais do que palavras. Vamos percebendo que nossas palavras só nas palavras, nos dá sensação de “falta de algo”, algo incompleto dentro de nós. É como se somente palavras não adiantassem mais, e que Deus quer atitudes.  É como vi pixado num muro: 
 - PALAVRAS, + ATITUDES.

“... se a alma ama sinceramente a Deus e está unida com Ele interiormente, ainda que exteriormente se encontre em condições difíceis, nada consegue perturbar o seu interior e, mesmo no meio da corrupção, pode permanecer pura e íntegra, porque o grande amor a Deus lhe dá força para a luta, e também Deus a defende de maneira especial, até milagrosamente, se O ama sinceramente” (Diário, 1094).

Cada vez mais temos sede de Deus e queremos se saciar dessa água que tomamos cada vez mais.

"Respondeu-lhe Jesus:
Todo aquele que beber desta água tornará a ter sede, mas o que beber da água que eu lhe der jamais terá sede. Mas a água que eu lhe der virá a ser nele fonte de água, que jorrará até a vida eterna". (Jo 4,13 -14)


 Jesus vai aos poucos nos dominando, nasce em nós um desejo de ser Dele, de se consagrar a Ele oferecendo-Lhe nossas vidas. Buscamos consolá-Lo dos insistentes agrafos que nós comentemos contra Ele.  Passamos a contemplá-Lo nas coisas pequenas, nas pequenas criaturas, nos fracos, no silencio, no deserto, em toda providência que nos é agraciada.
Muitas coisas que enxergávamos como “bonitas” ao mundo, percebemos o feio que existe nelas, certos prazeres tornam em nós um sentimento  de nojo,  um sentimento de repugnância. A tendência é afastarmos dos aplausos, dos elogios, das vaidades.

"Como a corça anseia pelas águas vivas,
assim minha alma suspira por vós, ó meu Deus". (Sl 41,2)

Percebemos que muitas coisas aqui também são ilusões, coisas passageiras, e que o final não é aqui. Ficamos tristes em ver que muitos investem mais aqui nesse mundo, cegados pelas armadilhas que aqui existem, tirando-lhes do foco o ESSENCIAL, que é Deus.
Mas Deus nos pede que continuamos a VIVER A VIDA, a cada um ele sacia com uma alegria diferente, uma paz e alegria vinda Dele, cada um de forma diferente, vivemos de forma mais intensa, mais confiante, aproveitando os momentos com os nossos familiares, amigos, apreciando Deus nas coisas ao nosso redor, vive-se de forma prazerosa e saudável para o corpo e a alma. Amar as pessoas que estão próximas, viver com elas, brincar com elas, sorrir e chorar, viver a cada dia, confiando sempre na PROVIDENCIA DIVINA. Vamos enfrentando as dificuldades com mais confiança, sabendo que a ajuda de Deus não lhe vai falhar. Parece que nos foi dado uma armadura, onde notícias ruins, coisas ruins ao nosso redor, não nos abala. A nossa fé que antes era pequena como uma semente de mostarda, está num tamanho, que passamos achar que somos loucos ou indiferentes as coisas desse mundo, pois a nossa confiança na sua providência está mais viva e estamos meio que calmos. é uma PAZ, É um refrigério dentro de nós. Passamos até a sonhar voando..rsrs.

Quando chegar o tempo certo, confiando na MISERICÓRDIA diremos a Deus como àquele ladrão falou para JESUS na Cruz.:
" Jesus, lembra-te de mim,
quando tiveres entrado no teu Reino!" (Lc 23,42)
Veremos toda a nossa vida passar por nós,  e  aqueles que escutaram a voz de Deus na igreja e que confiaram sua MISERICÓRDIA não terá pânico, mas dormirá em paz no descanso eterno.








“Diz aos pecadores que ninguém escapará ao Meu braço. Se fogem do Meu misericordioso Coração, hão-de cair nas mãos da Minha justiça. Diz aos pecadores que sempre espero por eles, presto atenção ao pulsar dos corações deles, para ver quando batem por Mim. Escreve que falo a eles pelos remorsos da consciência, pelos malogros e sofrimentos, pelas tempestades e raios; falo pela voz da Igreja e, se menosprezarem todas as Minhas graças, começarei a Me zangar com eles, deixando-os a si mesmos, e dou-lhes o que desejam” 
(Diário, 1728).




Tarde Vos amei, 
ó Beleza tão antiga e tão nova,
 
tarde Vos amei!
 
Eis que habitáveis dentro de mim,
 
e eu, lá fora, a procurar-Vos!
 
Disforme, lançava-me sobre estas formosuras que criastes.
 
Estáveis comigo e eu não estava Convosco!
 
Retinha-me longe de Vós
 
aquilo que não existiria,
 
se não existisse em Vós.
 
Porém, chamastes-me,
 
com uma voz tão forte,
 
que rompestes a minha Surdez!
 
Brilhastes, cintilastes,
 
e logo afugentastes a minha cegueira!
 
Exalastes Perfume:
 
respirei-o, a plenos pulmões, suspirando por Vós.
 
Saboreei-Vos
 
e, agora, tenho fome e sede de Vós.
 
Tocastes-me
 
e ardi, no desejo da Vossa Paz"

Santo Agostinho

18 de fev de 2014

Um pedido de perdão

Um pedido de perdão

Venho pedir perdão para àqueles que não acreditam na religião, que foram e são constantemente decepcionados por àqueles que pregam uma religião que oprime, de homens que estão dentro da igreja, mas usam Deus para benefício próprio, pessoas dentro da igreja que monopolizam Deus, que julgam donos da “verdade” e em virtude disso colocam os pesos religiosos  sobre as pessoas, ao invés de tirar o fardo.

Mas também peço-vos humildemente que também não generalizem existem cristãos dicernidos. Homens e mulheres que perdem a sua vida no trabalho do outro, do anuncio da paz.

Aprendo com amigos evangélicos sensatos, discernidos, admiro e aprendo com algumas pessoas que se dizem ateus, me ensinam de uma forma ou outra, algumas posturas que nós cristão precisaríamos ter. Aprendo com os agnósticos, não consigo responder tudo que me questionam, e nisso aprendo também que a nossa verdade precisa ser expressada com mais misericórdia, com simplicidade, (claro, não mudando a verdade evangélica) e que não somos donos dela, como diz um refrão da canção de Pe.Zezinho: “Sei que da verdade não sou dono, sei que não sei tudo sobre Deus, as vezes quem duvida e faz perguntas, é muito mais honesto do que eu”. Também, existem aquelas que não frequentam nenhuma igreja, mas são pessoas do bem, pessoas que buscam fazer a coisa correta, com honestidade e seriedade, onde também deveríamos aprender com elas.

Mas também não posso deixar de testemunhar Deus,
No cuidado Dele na minha vida;
De testemunhar as graças que recebo através da oração,do meu terço que busco rezar diariamente.

Não posso deixar de testemunhar o tesouro que são as palavras da Bíblia Sagrada, que me exorta, me orienta, me direciona, me conforma e ilumina meu caminho. E que devemos lê-la não de qualquer forma, mas do mesmo modo que ela foi escrita, inspirada pelo Espírito Santo.

Não posso deixar de testemunhar de quantas vezes fui pra Santa Missa, entrando com a alma pesada, e saí leve e na paz. Na homília do padre, parecia que era como se ele tivesse falando diretamente pra mim e assim conformar a minha alma.

Não posso deixar de testemunhar da GRANDE MISERICÓRDIA DE JESUS, que mesmo eu, desculpe a palavra,fazendo as minhas “cagadas”, Ele pacientemente me levantou, me limpou me perdoou e me pediu para seguir em frente.

Sou testemunha que Deus é REAL, existe, e que a Ele todas as coisas pertencem, nós precisamos apenas confiar Nele e buscarmos deixarmos ser guiados por Ele.

Sou consciente que sou ingrato na maiorias das vezes, quando duvido, quando dou a Deus o ultimo lugar do meu tempo, na minha vida, mas por causa disso, não desistiu de mim, chegando a me constranger pelo seu amor e misericórdia.

Percebo que muitos usam os erros dos de dentro da igreja, para justificar os próprios erros, que não compete a mim os erros os outros, mas que com esse pensamento, cria-se uma grande barreira entre a pessoa e
Deus. É incrível algumas pessoas chegarem a mim e ficar apontando erros de cristãos, de padres. Parecendo que discretamente, caiu na artimanha do mal, onde ele cuxixa , dizendo:

-- Ele é um hipócrita, vive a tua vida, da tua maneira.

E muitos caímos, nos perdendo em nossos próprios pensamentos.


Amigos, me perdoe por algo, ainda estou aprendendo, estou em CONSTRUÇÃO.

13 de fev de 2014

Nova Aliança


Depois de 12 anos, troco a "aliança antiga" por uma "nova aliança",

A primeira aliança, achada num feriado de semana santa, trabalhando na Unifor.
Lembro-me que não estava bem, nada bem. Ao ir no banheiro, lavando o rosto, percebi algo brilhando no fundo da pia, quando peguei era um anel com o nome JESUS. Mostrando minha mãe, ela me disse: É uma aliança que JESUS está fazendo contigo.

Hoje a aliança antiga é trocada nova aliança. Com as bençãos de JESUS e Nossa Senhora e futuramente confirmada pela Igreja.

"Dias hão de vir - oráculo do Senhor -
em que firmarei nova aliança com as casas de Israel e de Judá". (Jr 31,31)








------------------------------------------------
Aliança
Walmir Alencar

Israel, hoje serei para ti alimento de santidade
Te envolvendo com minha presença
Te dando força e fidelidade

Lança fora todas as tuas seguranças!
Despoja-te! Apresenta-te a mim
E com tua vida vem dizer: "Preciso de ti"

Eu continuarei a te amar pela eternidade
E em cada passo teu te acompanharei
Jamais te abandonei
Minha aliança de amor, eu não esquecerei

Meu Senhor, hoje tu és para mim alimento de santidade
Me envolvendo com tua presença
Me dando força e fidelidade

Lanço fora todas as minhas seguranças!
Despojo-me! Apresento-me a ti
E com minha alma vou dizer: "Dependo de ti"

Eu continuarei a te buscar com fidelidade
E em cada passo meu, de ti me lembrarei
Em ti me abandonei
Nesta aliança de amor, teu servo me tornei.



http://youtu.be/xm3TZHONcsE





"Cantai ao Senhor um cântico novo. Cantai ao Senhor, terra inteira". (Sl 95,1)

11 de fev de 2014

Um conversa de Deus


sabe aquela musica do Walmir
Onde está o teu irmão?
Qual?
Sim sim
Adoro essa música
tem uma parte que está martelando em mim
Hum...
Qual? ?
Em cada manhã verás sua imagem Até que consoles o meu coração
Mayla
muitas coisas de antes era VAIDADE
Eu sei
Posso falar uma coisa?
MAS hj algo dentro de mim GRITA!!!
pode
Esses dias mesmo eu estava lembrando
Paulo tinha o conhecimento
No entanto
Deus o deixou de molho por muito tempo
Mesmo com todo o conhecimento
Deus fez o mesmo contigo
E você sabia que tinha o conhecimento
Queria passar
Não queria ficar só pra si
Tu não é egoísta
É capaz de ensinar uma barata programação se ela te pedir
Mas é preciso tempo
é sim.
Deus te exigiu esse tempo
É hora de voltar
Talvez você esteja pronto
Você cresceu
Juras não sou mais de oração
Perdi a fé
E a essência de Deus
Mas eu acredito em você
E no que Deus reserva pra ti
Mesmo.
Não é humano não
Deus te conhece
Agora tu tem um coração de carne homi
sabe aquela casinha vizinha a capela?
Fim da conversa no bate-papo

Cudados com a aparência externa e interna

Não existe coisas mais desvangelizadora do que um cristão mal arrumado, que não se veste bem, pura a "suvaco". Me ensinaram que humildade não é sinal de sujeira, de roupa rasgadas.... aprendi isso, e busco  melhorar.. rsrs. Um coração humilde, é muito além disso.

É necessário o cuidado com o nosso corpo, nossa aparência, com certeza. ENTRETANTO, aquele que cuida mais da aparência, e esquece do cuidado da alma, infelizmente pode está se transformando num sepulcro caiado, um balão colorido.Por fora, caiado, colorido, mas por dentro podre, vazio, perdido, iludido com coisas vãs.






Pode enganar outros que estejam "cegos", outras almas vazias, sem direcionamentos, mas os espirituais irão perceber logo o seu estado, a sua máscara. Amizades assim, relacionamentos assim, é vivida num vazio, com interesses, é "fogo de palha", é morte! Não nos cabe julgar essa alma, mas também precisamos com misericórdia, paciência e unção, ajudar a essa alma a se libertar de males espirituais, ajuda-la a tirar as escamas dos olhos. Pois um dia também éramos cegos, e hoje buscamos enxergar um pouco mais as coisas espirituais.




Percebe, uma alma de Deus, ela tem uma beleza diferente, seu olhar brilha, seu sorriso, mesmo sem dente anima o ambiente, uma alma pacífica, que transmite paz, emana luz, de acordo com o carisma de cada pessoa, seus atos se destacam dos outros, não sendo melhor, mas fazendo essa alma única e preciosa para os que estão por perto. Transmite paz, esperança, alegria.

"A sabedoria, porém, que vem de cima, 
é primeiramente pura, depois pacífica, condescendente, 
conciliadora, cheia de misericórdia e de bons frutos,
 sem parcialidade, nem fingimento". (Tg 3,17)

Quando estamos na luz, começamos a perceber algumas coisas espirituais ao nosso redor, na qual, não podemos comentar para qualquer um, percebemos os lixos desse mundo, percebemos um alma machucada, ferida, uma alma vazia (como foi dito acima). Cada um adquire uma sensibilidade, dada por Deus para perceber algumas no ambiente, em situações, no falar, no gesticular, no olhar de uma outra alma.  Como disse, isso depende de cada um. A alma, dependendo do seu estado, é elevada a um plano acima, e verá coisas que antes ignorava, não percebia, e verá que existe algo MAIOR diante de tantas picuinhas que nos cercam, tantas bobagens sendo falada, opiniões humanas discutidas, músicas vazias, palavras vazias, imundices espirituais. A tendência é que essa alma vá se diminuindo, vai desaparecendo, e Deus vai assumindo o comando. E por fim, mais lá pra frente, perceberemos que somos chamados a cruz, e não a palcos, microfones, aplausos, famas. A alma vai se calando, silenciando dentro de si, passa a ser uma alma contemplativa. Não é um silêncio de omissão, de covardia, mas um silencio profundo e preenchido de Deus. Essa alma fala com poucas palavras, fala pelo olhar e até pelo silêncio. A alma se sente anestesiada diante os acontecimentos externos, cria como uma armadura, mantendo-se protegida. A menor transgressão ela enxerga parcialmente a gravidade. Por isso São Francisco de Assis dizia: --- Sou o homem mais pecador, e isso não é falsa humildade.

Na alma vai crescendo uma sede insaciável de Deus, aos poucos ela vai se abandonando nos braços de
Deus, cegamente, sem reservas.


Digo-vos isso, não por ser um alma a esse nível, mas por ser uma alma que busca essa meta.


Existem muito mais coisas que não dá para explicar, mas é uma sensação de "estar acordando".

Bem.... acredito que seja isso.






10 de fev de 2014

Distrações que nos afastam da oração

Hoje na Santa Missa, num momento de oração, baixei a cabeça e fechei meus olhos.

Vi aqueles doces do jogo candy crush, caindo.

E escutei uma voz dentro de mim, me dizendo quantas vezes eu troquei meu valioso momento de oração pela preguiça e ficava jogando esse jogo.

Na Santa Missa, onde se falava do Sal e Luz do Mundo, Pe. Edilson na homilia nos falou que para ser sal e luz do mundo, nao conseguimos sozinhos, mas precismo estar com Deus, pela oração, pela leitura da palavra, pelos sacramentos. E dentro de mim, aquele voz dizendo que seu o seu Coração ficava triste por eu ficar nesse jogo ao invés do momento da oração.


Me veio também um sentimento que não somos mais crianças, que é uma necessidade de termos esse momento de oração. O tempo de coisas de meninos passaram, estão vindo nossos desafios, novas batalhas,e que precisamos ser firmes e não deixarmos ser distraído por bobagens.

"Quando eu era criança, falava como criança, 
pensava como criança, raciocinava como criança.
 Desde que me tornei homem, eliminei as coisas de criança". (1Cor 13,11)

Ao chegar na casa de minha noiva, e falar o que tinha sentido, ela disse que também sentiu a mesma coisa na Missa que ela foi, e que já tinha desinstalado o jogo. 

Vou fazer o mesmo.


4 de fev de 2014

Das vantagens de ser bobo - Clarice Lispector

O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando."

Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.

Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.

Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?"

Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!

Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.

O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem.

Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!

Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.

2 de fev de 2014

Projetos de Deus X Nossos Projetos

Lembro-me de uma passagem nos dada pelo André, que diz:

"Cabe ao homem formular projetos em seu coração,
mas do Senhor vem a resposta da língua". (Pr 16,1)

Temos projetos em nossos corações, projetos pessoais, profissionais e espirituais.  Lembro-me também de uma frase que diz:
"Queremos fazer as coisas de Deus, mas devemos fazer a vontade de Deus"

Essas duas reflexões nos faz pensar de como esse projeto nascerá, como dará seu progresso, qual tempo deve iniciar, objetivo entre outras coisas.
De início, todo projeto deve sair do coração de Deus, para o bem comum, para o serviço do reino e da igreja.  Deus tem um projeto, um plano para cada um de nós.
É na oração que esse projeto vai se revelando em nós, é se esvaziando dos nossos projetos, que o projeto de Deus vai se revelando aos poucos a nós.
"Há também diversas operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos". (1Cor 12,6)

"Porque é Deus quem, segundo o seu beneplácito, realiza em vós o querer e o executar". (Fl 2,13)

Uns são chamados a liderar, pastorear, outros são chamados a administrar, outros a interceder, outros a limpar banheiros, cantar e tocar, cuidar de um doente, cuidar de uma casa, filhos, oferece-se em sacrifício de louvor mesmo num meio de uma doença etc.

Mas todos são movidos pelo mesmo Espírito, onde Deus nos usa como instrumentos para ser usado do modo que Ele está precisando, mas tudo para um mesmo propósito.  Reflito São José, sua missão, na sua simplicidade, serviu a Deus conforme o seu chamado, e assim vamos refletindo sobre outros homens de Deus, que foram filhos de sua época que por necessidade da igreja, Deus suscitou neles uma missão, na qual, mesmo eles sendo fracos e pecadores, deram seu "SIM", confiando na providência.

Com essa reflexão que me veio e que estou compartilhando com vocês, peço, por gentileza, que reflitam.
É um texto tirado da cabeça e que tenho que escrever logo senão ele foge, rsrs. Então perdoem algum erro ortográfico.
Tem outro ponto que queria partilhar com vocês, que é sobre os jovens de hoje, pela situação da violência dos jovens. Vendo a história de Dom Bosco me veio um pensamento, mas vou rezar e depois partilho com vocês. Mas é importante.

Mas resumindo, devemos nos esvaziar de nossos projetos, não ter medo de dá o nosso "SIM" para Deus para que Ele possa nos usar no projeto Dele, e na oração Deus vai revelando o seu projeto para nós, e seremos felizes, bem-aventurados nele, se servimos com alegria e humildade, como servos inúteis.
Deus nos usa nesse projeto, no meio profissional, no pessoal, no familiar, não importa. Mas que deixemos Ele nos usar, sozinhos ou como família, casados de primeira união ou segunda união, Deus tem um propósito para cada um de nós, e Ele nos concedeu lindos dons para serem usados para o bem do reino, e que não pode ficar escondido ou abafado.

É isso... Deus nos abençoe.