28 de fev de 2014

Compartilhando um questionamento.

Fiquei me questionando uma situação, na qual queria compartilhar para refletirmos. É um questionamento direcionado para os cristãos católicos:

Imaginemos está num situação onde devemos fazer uma escolha:

Num domingo naquela cidade, haverá um evento cristão. Virá de fora um ... ministro de cura ou um cantor católico super conhecido nacionalmente para um evento que acontecerá neste dia. Naquela mesma cidade mais um pouco mais distante, haverá a única Santa Missa, numa capelinha bem simples, com um padre velhinho que mal pode falar direito.

Uma situação não para avaliar se estamos certos ou errados, melhores ou piores, vai pro céu ou inferno... não,não é essa intensão, pois Deus sabe a nossa verdade. Entretanto, precisamos refletir mais sobre o que realmente queremos com Cristo, e como está a nossa percepção e amor pela Santa Missa.

Um comentário:

  1. Oi Juras, boa tarde! (sim, eu sei que ainda é manhã)

    Enquanto fiz parte da equipe de liturgia, esse era um questionamento frequente que eu fazia, não só com relação a um cantor nacionalmente conhecido, mas também com relação a própria Santa Missa em si.

    Responder um questionamento com outro questionamento é válido?

    Imagine que você está na cidade grande durante esse carnaval de 2014 e próximo da sua casa tem uma capela, com um padre baixinho, barrigudinho e simples e do outro lado da cidade haverá uma "super" Santa Missa com um padre muito "ungido" que "fará" aquela Santa Missa ser a "melhor", pra onde você vai?

    Imaginemos agora que não tenha outra Santa Missa, que só tem a da capela e junto com o padre, haverá dois ministros da Sagrada Comunhão, por quê algumas pessoas saem lá do seu canto, atravessam toda a Igreja, passam por Jesus presente na Eucaristia nas mãos dos ministros e vão lá para o padre?

    JESUS é mais e melhor em alguns lugares?

    Sempre tive esse tipo de dúvida, nunca foi sanada as interrogações.

    Acredito que a Igreja, os ornamentos, a música, que tudo pode e deve ser bem preparado, mas o grande mistério sempre estará presente com o Sacerdote, seja Ele quem for, seja ele onde estiver, Jesus escolheu vir por ele, sempre e isso independe a forma que ele Preside o Mistério.

    O Calvário estará lá, independe do lugar, das fraquezas do padre ou das nossas fraquezas!

    E humanamente falando, o simples sempre me agrada mais.

    Respondendo ao questionamento, eu iria com certeza para o Calvário, não pelo simples, nesse caso, pelo óbvio!

    ResponderExcluir