10 de abr de 2016

Minha alma está como uma terra seca

Acho que vocês já escutaram essa comparação:

Marromenu assim...

Quando colocamos um copo de agua pura sobre uma mesa e deixamos lá, quando voltarmos no outro dia, a água não vai está pura como estava antes. Tenho certeza que você não a beberia.

Assim, acredito que seja com a nossa alma. Ao pedirmos para sermos transbordado pelo Espirito Santo, a agua suja sai e é renovada.

Na prática, perceba o quando mesmo sem querer vamos sendo manchados com as impurezas ao nosso redor. A todo momento, a todo instante. Precisamos tomar cuidado para que a água nao se transforme em lama, pois pior que um copo vazio, é um copo com lama dentro.

Por isso, a necessidade de buscarmos a fonte de água viva.
De estarmos sempre rezando pela renovacao do Espirito Santo.
De vigiarmos e termos o dicernimento do que nos é oferecido pelo mundo.
Como diz Pe Fabio, não somos um terreno baldio, onde o povo vem e colocar os seus lixos.

Somos terra sagrada. Santa. E Deus nela habita.

Precisamos buscar esta acordados, sóbrios espiritualmente, tomando cuidado com muitas conversas que nos chegam, muitas coisas que assistimos ou escutamos.

Cuidado com muitos grupos de zapzap, onde compartilham lixos espirituais, pornografia, injurias etc. Se voce nao consegue apresentar Deus lá, então saia. Podemos ser influenciados ao invés de sermos  testemunhos de Deus.

Sei também que é inevitável a impureza não entrar, de uma forma ou outra a sujeira do mundo sempre invade.
Mas podemos evitar muitas outras e pedir essa renovaçao para que a água seja renovada.

Existem coisas que parecem inofensivas, brincadeiras... Mas que por detrás pode ser uma armadilha ou o início para entrarmos na lama. Cada caso é um caso, tudo deve ser dicernido pelo Espirito Santo. Mas o mais grave é quando não se tem dicernimento nenhum.

Segue um audio com uma oração de Santo Afonso de Ligorio:

Reze com ela e deixe-se ser conduzido pelo Espirito Santo.
Vamos conseguir!

"Ó Maria concebida sem pecado,
Rogai por nós, que recorremos a Vós"

Nenhum comentário:

Postar um comentário