18 de abr de 2016

Saia do circulo

Num momento de adoração ao Santíssimo, me veio a imagem que eu estava dentro de um circulo e me deslocava para fora dele..

Foi então que percebi que eu precisava sair de mim,

Sair do meu circulo,

Sair do comodismo,da minha mesquinhez.

De sair das minhas “panelinhas”.

Sair detràs do terço,

De ultrapassar as amizades superficiais e buscar mais profundidade nos relacionamentos (com prudência).

De ultrapassar as fronteiras do medo, problemas, limitações e da fé.

Quando cuidamos das coisas de Deus, Deus se torna mais PROVIDENCIA em nossas vidas.

De acolher os de fora.

De despertar esperanças,

De acender centelhas em almas mórbidas.

De convidar aos  que estão à borda do AMOR para virem ao CENTRO.

De alcançar àqueles que estão quase desistindo ou que já desistiram, para lembrarem que ainda dá tempo

De abraça-los, como o abraço de um Pai (Lc 15,20). Sem jamais perguntar onde andou, ou o que fez.

Deus nos chama a um relacionamento mais profundo.

Um coração que tem a experiencia da intimidade com JESUS, não consegue se prender a si mesmo, Sentimos uma força, um impulso de ir ao outro, de anunciar Àquele que experimentamos,

De anunciar a Paz, a Boa Nova, a libertação (Is 52,7)

De cantar a  sua Misericórdia ao mundo (Sl 105,1).

Lembro-me que sempre quando voltava do trabalho para a casa de minha mãe, eu sempre via um colega de infancia.

E todas as vezes quando o via, lhe dava um seco “Oi” ou “Diga là fulano!”.

Um dia cai em mim que eu poderia lhe dà mais do que um “OI”.

Foi quando outras vezes parei para conversar com ele, uma conversa rapida ,mas que ja fazia uma certa diferença. que um dia lhe falei de Deus, das coisas boas que Deus faz em nossas vidas. Meses depois soube que ele faleceu.

As pessoas esperam mais do que um Oi nosso, precisamos sair do Automatico.




Diante das imperfeições e limitações, sei que é preciso de coragem, não uma coragem

humana, mas uma CORAGEM SOBRENATURAL que é dom do Espírito Santo, o dom da Paresia.

E deixar o Espirito Santo fluir, não prender, não abafar. Confiar a Deus a vida, os problemas, a MISSÃO, Deixar-se guiar por Deus, que na sua infinita Misericórdia me acolhe como um missionário seu, a serviço da Igreja e dos irmãos.



ORAÇÃO

Renuncio em nome de Jesus, a todo o espírito de medo, de insegurança, de egoísmos e mesquinhez.

Todo pensamento, como todo sentimento, que me faz ficar fechado em mim mesmo!

Peço-lhe Senhor o dom da Paresia! da Unção do Espírito de Deus! da fé-coragem que me leva a vencer todos os medos que vêm sobre minha mente e meu coração!

Me lançarei na tua Missão, ao derramamento do Espírito! AO anúncio da Misericórdia com a vida, com o testemunho e com palavras!

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.



"A Igreja não está no mundo para condenar, mas para promover o encontro com aquele Amor visceral que é a misericórdia de Deus,

para que isso aconteça é necessário sair.

Sair das igrejas e das paróquias, sair e ir à procura das pessoas onde vivem e sofrem, onde esperam"

PAPA FRANCISCO



"Por isso, a criação aguarda ansiosamente a manifestação dos filhos de Deus". (Rm 8,19)

Nenhum comentário:

Postar um comentário