2 de jan de 2017

As pequenas Vias

Bom dia,

Peço licença para lhes partilhar uma experiencia.

Tinha um vizinho que em algumas vezes me pedia para dá uma olhada no computador dele que estava com problemas. Muitas vezes, em finais de semana, onde para mim era horrivel, um sacrificio.

Então, uni esse pequeno sacrificio á Deus, pela sua conversão e a minha. Pois conhecia a sua història.

 Dizia assim para Deus:
-- Ò Deus, eu vou, mas é pela conversao dele. (Depois fui perceber que também era para a minha)

Depois de um tempo, estava eu numa parada de onibus e ele aparece me oferecendo carona. No carro ele me diz que estava indo à Missa e tinha se aquietado mais, vi que ele estava afirmado com uma esposa.

E essa foi uma das lições ensinadas. Fui entendendo que pequenos sacrificios unidos a Deus e feito com Amor geram frutos. Obtemos Graças. E é o que Santa Terezinha da Sagrada Face nos ensina,  as pequenas vias.

Para vivermos o Amor, nao precisamos ir tão distante, mas saibamos aproveitar as inúmeras oportunidades vindas do cotidiano da vida. Em nossa casa, no trabalho, na sociedade.
No servico ao pròximo, nas prquenas renuncias, nas acoes de bondade para aqueles que nos fazem mal etc. Precisamos perder para poder ganhar

Nos ajuda também na nossa conversao,  na nossa transformação. Vamos adentrando mais ainda no Coracao Intimo de Jesus. O Senhor que quer amor, misericordia, mais que Sacrificios (Oseias 6,6).

Somos chamados a sermos oblacao, oferta de Amor Pela almas, pela Igreja.

Peço ao Senhor que nos faça servos por Amor. Sacrificios de louvor para a conversao da humanidade. 

Vamos aumentar na nossa estante da vida, a coleção de Graças.
Oportunidades nao nos faltam.

Se formos fieis no pouco, o Senhor nos confiará mais, por isso, Lembremos, que sao Coisas simples. O principal é o Amor investido em uniao com Deus, o mesmo Amor que nos tira todos os dias das trevas, da lama. Do poço.

Obrigado pela atencao, Deus os abencoe!

"Em verdade, em verdade vos digo: se os grão de trigo, caído na terra, não morrer, fica só; se morrer, produz muito fruto." (Sao Joao 12,24)

Nenhum comentário:

Postar um comentário