7 de mai de 2017

Tempo de Aridez

Ja participei de alguns varios seminarios de Vida.
Era como quizesse recomeçar a caminhada.

É como quizesse reviver a primeira experiencia do Seminario que fizemos. Onde foi o despertar á vida  espiritual.

No nosso seminarios recebemos a infusao do Espirito Santo. Alguns choram, outros tem repouso do ES, e tem tambem aqueles que sentem dentro de si um inexplicavel  Amor, o Amor de Deus.

Essa primeira experiencia o ES nos impulsiona, nos dá um "empurrão" para iniciarmos a caminhada de Deus.

Mas chega um tempo em que o ES também meio que se ausenta no sentido de nao mais sentirmos, mesmo estando presente. Nesse momento è como se Ele nos pedisse pra caminharmos  com nossos esforços, e nao mais pela consolação de Deus.

Papa Joao Paulo II uma vez escreveu que nossa oração se torna mais forte quando se reza na aridez, sem consolação.

É o sacrificio de louvor,
É o "mesmo na tempestade eu te louvo."

Por isso, acho estranho quando queremos sempre fazer seminario de Vida, nao è errado, mas a caminhada do inicio passou, estamos indo para águas mais profundas, com graças mais abundantes e novos desafios.

Nao podemos mais olhar pra trás, é "meter as caras" confiar na Misericordia e se lançar no Novo que está vindo. Coisas novas que  Deus está preparando pra nós. Falta pouco!

Vamos para de olhar pra tras, de colecionar "Seminarios",e levar o povo a viver tambem essa experiencia do Amor de Deus.

Nao estamos sós, a Maezinha do Céu está fortemente atuante na nossa caminhada.

Deus nos abencoe.